Novembro 1, 2017 compartilhar

Como esquecer? Um 1°/11 que terminou em quebra-pau

Como esquecer? Um 1°/11 que terminou em quebra-pau

Dentro de campo, apesar da eliminação, um heróico empate. Fora dele, cenas lamentáveis. O clima quente da primeira partida semifinal do Brasileiro da Série D de 2014, em Pelotas e com vitória dos gaúchos por 3×1, se estendeu ao jogo de volta no estádio do Café. O Brasil abriu 2×0, mas o LEC empatou com gols de Silvio e Diogo Roque. Uma acalorada discussão, seguida de agressão de um dirigente da equipe londrinense a um cinegrafista gaúcho, culminou em um imenso quebra-pau envolvendo também os jogadores das equipes. A briga acarretou ao Tubarão a punição de jogar algumas partidas da Série C do ano seguinte com portões fechados e muita dor de cabeça. Na véspera do feriado de Finados daquele ano, o Fair Play foi enterrado. Algo a ser relembrado para jamais ser repetido.

Comentar